Home / Curiosidades / A presença do dono durante a tosa é ruim?

A presença do dono durante a tosa é ruim?

Veja se a presença do dono durante a tosa ajuda ou atrapalha o profissional, em regra.

A presença do dono durante a tosa é ruim?

dono

Se você tem a intenção de ficar com o seu cão durante o banho e tosa, na primeira vez que você visita um novo groomer, isso geralmente será permitido. No entanto, os profissionais geralmente têm uma forte preferência de que você deixe seu cachorro e não permaneça durante todo o procedimento. A não ser que haja uma razão muito boa.

Neste artigo, analisaremos algumas das várias razões por que os amantes de cães – e outros profissionais – também preferem trabalhar com seu cachorro sem você estar presente.

Seu cão vai se acomodar melhor

É um fato indiscutível que a maneira como um cão reage às coisas  pode ser significativamente diferente quando o dono não está presente. E isso nem sempre é ruim. Enquanto muitos donos de cães sentem que seus cachorros se sentem mais à vontade com eles, pode não ser bem assim.

Quando o groomer trabalha com o cão, ele faz isso de forma intensiva, o que depende de receber e manter a atenção do seu cão, poder dar-lhe comandos e manobrá-lo, conforme necessário.

Tudo isso fica muito mais difícil se o dono do cão estiver presente. Isso porque o cachorro ainda reagirá à presença do dono e procurará a reafirmação e o comandos do dono, e não do groomer, o que pode tornar tudo mais difícil.

O profissional será mais eficaz

Ter alguém que assiste a todo o processo também terá um efeito sobre o próprio groomer. A presença de alguém simplesmente faz com que o groomer trabalhe mais devagar do que o normal, em regra. Isso é bem comum com todo e qualquer profissional, de qualquer área.

 

Cães de outras pessoas

O banho e tosa geralmente atende sobre agendamento, com pequena lacuna entre os atendimentos. Ou seja, muitas vezes haverá cachorros esperando para serem preparados e cães aguardando para ir para casa. Aliás, isso sem contar com o cachorro que está sendo preparado atualmente .

Esses cães, é claro, pertencem a outras pessoas. Essas pessoas podem não querer alguém que não trabalhe no banho e tosa andando no estabelecimento e estressando os cães, por exemplo. Ainda, há a questão da segurança, tanto por motivos de furtos, roubos etc.. Ainda, há a a incolumidade física das pessoas e de outros animais que estarão por lá.

Mantença de horário

Profissionais dessa área trabalham com cronograma, assim como todos os outros. E ser capaz de manter a programação deles e ter todos os cães prontos no momento certo. Ainda, o profissional precisa terminar o trabalho no horário designado, o que exige que ele trabalhe no ritmo certo.

Embora seja até prudente que você troque ideias com o profissional sobre o check-up dos cães, ele não terá tempo para explicar tudo. Ou, pior ainda, para que você o acompanhe todo o tempo.

Assim, ficar junto com o seu cão enquanto estiver sendo preparado pode trazer prejuízos para o trabalho do seu groomer e para a prestação de um serviço de qualidade. A exceção seria se o seu cão for muito agressivo e só se acalme com sua presença, por exemplo, ou se ele tiver um problema de saúde grave.

Gostou das dicas? Acompanhe o Blog da BergVet! Todos os dias novas matérias de utilidade para donos de animais e profissionais do banho e tosa!

Leia também: O que é tosa padrão da raça?

Check Also

Como limpar os olhos dos cães? Veja essas dicas!

Saiba como limpar os olhos dos cães corretamente! Como limpar os olhos dos cães? Se …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *