Home / Cuidados / Primeiros Socorros no Banho e Tosa

Primeiros Socorros no Banho e Tosa

Os primeiros socorros no banho e tosa devem ser uma preocupação primordial para todos os profissionais  – ou “groomers”. Esses profissionais lidam com tesouras, lâminas, água, produtos químicos e até mesmo equipamentos elétricos ​​diariamente. Assim, tomar medidas básicas para se preparar e realizar a prevenção de possíveis emergências de primeiros socorros é vital.

Abaixo daremos boas dicas para prevenir emergências de primeiros socorros no banho e tosa. Confira!

Dicas de cuidados e primeiros socorros no banho e tosa

primeiros socorros no banho e tosa

Sem exceção, é recomendável que todos os funcionários sejam treinados para administrar primeiros socorros apropriados em caso de emergência. Manter um kit de primeiros socorros bem abastecido, além de conhecer algumas habilidades básicas de primeiros socorros, irá ajudá-lo a lidar com qualquer situação que surgir.

Kit de primeiros socorros no banho e tosa

Os kits de primeiros socorros devem estar prontamente disponíveis e nas proximidades. Quantos kits você deverá ter dependerá do tamanho do seu pet shop. Certifique-se de consultar um veterinário de confiança sobre quais produtos e medicamentos são essenciais para ter em mãos.

Os acidentes podem ocorrer mesmo em banhos e tosa detentores dos procedimentos de segurança mais rigorosos. Cães, profissionais e até clientes podem ficar feridos.

Por exemplo, um cachorro pode cair ou pular de uma mesa de trabalho e possivelmente se machucar. Para isso, tenha gaze e uma fita específica para cobrir o machucado.

Ainda que não seja esperado, é possível que pela própria agitação os cães tenham unhas, orelhas ou pele cortados. O mínimo para que se possa lidar rapidamente com pequenos cortes é:

  • um pó hemostático,
  • um cauterizador para unhas,
  • peróxido de hidrogênio,
  • anticoagulantes para evitar pequenos sangramentos,
  • gazes para bandagens de pressão,
  • fitas adesivas específicas,
  • pedaços limpos de pano,
  • rolos de gaze para fazer bandagens e outros itens que o veterinário julgar importantes.

Que emergências podem ocorrer em um banho e tosa?

A exposição prolongada a secadores muito quentes pode causar exaustão por calor (ou hipertermia). Por isso, é preciso manter toalhas úmidas por perto no caso de ter de baixar a temperatura dos cães rapidamente. Não hesite em levar o animal imediatamente a um veterinário.

Mas se, por exemplo, cair shampoo nos olhos do cão, use uma gaze embebida com água morna para aliviar a irritação. Evite usar colírios e similares sem a devida prescrição do veterinário.

A depender do tipo de ferida, lave com água corrente e sabão. Tenha uma solução desinfetante, como iodo ou outro antisséptico para limpar feridas causadas por mordidas de cães. Isso também vale se o acidente ocorrer com o profissional.

Animais de estimação extremamente estressados ​​às vezes podem entrar em choque leve. Ter um termômetro, vaselina,  álcool e um cobertor de emergência pode ser indispensável para tratar  sintomas de choque. Embora esses eventos sejam improváveis, é melhor estar preparado e pronto para agir rápido, se necessário.

Outros itens importantes para primeiros socorros

Estes são alguns outros itens a serem considerados ao decidir o que colocar no seu kit de primeiros socorros no banho e tosa:

  • Uma pomada antisséptica irá proteger e desinfectar feridas menores.
  • As luvas de borracha ou látex asseguram o manuseio seguro de fluidos corporais infectados e protegem você ao aplicar medicamentos ou simplesmente para conter o animal. Os depressores de língua (famosos “palitos” ou similares) são úteis para verificar se há lesões na boca ou objetos alojados na garganta, em caso de eventuais bloqueios.
  • Cotonetes ou rolos de algodão  são excelentes para limpar as orelhas e para aplicar medicamentos tópicos.
  • Focinheiras também ajudarão a conter os animais com segurança durante o tratamento ou até mesmo para a segurança do profissional no caso do banho e tosa.
  • Além disso, mantenha um pequeno par de tesouras em um local seguro para remover bandagens e curativos.

A menos que os rótulos indiquem o contrário, a maioria dos itens de primeiros socorros perecíveis tem uma vida útil média de três anos. Os medicamentos, em particular, podem tornar-se contaminados ou perder sua potência e devem ser substituídos conforme necessário. Verifique seus kits de primeiros socorros regularmente e substitua todos os itens que estiverem vencidos.

Essas dicas são muito importantes tanto para a incolumidade física do profissional como dos animais que estiverem em sua posse. Por isso é importante estar “em dia” com o kit de primeiros socorros.

Leia também: O que é groomer de cachorros

Check Also

Como enfeitar cães de pelo curto? Veja dicas e cuidados.

A dúvida de muitos profissionais do banho e tosa e de proprietários é sobre como …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *