Home / Cuidados / Inverno se aproximando: dicas e cuidados com cães e gatos

Inverno se aproximando: dicas e cuidados com cães e gatos

O inverno está se aproximando e nas regiões mais frias os peludos podem sofrer com as temperaturas baixas. Mesmo que muitas raças sejam conhecidas por terem pelo e ficarem protegidas, nem sempre isso quer dizer que os cães estão protegidos e não sentem frio. Por isso, é bom deixá-los protegidos.

cold-139829_960_720

Dicas gerais

Alguns cuidados gerais é diminuir com os banhos e as tosas. Recomenda-se deixar os pelos crescerem nesse período mais frio, e para raças que sentem muito frio como pintcher, uma opção é o banho a seco. Se quiser mais informações sobre como funciona o banho a seco clique aqui

Mas se você optar em dar banho, você pode deixar o ambiente aquecido. Isso vai evitar que o animal fique mais vulnerável a doenças respiratórias. Outro alerta é para deixar a vacinação em dia.

Se não houver estes cuidados, observe se o seu animal de estimação apresenta sintomas como tosse, espirros, febre. Isso pode ser indicio de algum resfriado. E o melhor a fazer é levá-lo ao médico veterinário.

dog-92987_960_720

Outra dica importante é deixar roupinhas em animais que tem pouca pelagem. Isso vai ajudá-los a aquecer. O mesmo vale se for passear com ele. Prefira horários em que a presença de sol.  No inverno você também pode aumentar mais de 10% a alimentação do animal, neste período como gastam energia dormindo é bom aumentar a ingestão de comida, ressalvo se for um animal sedentário.

Se o seu animal de estimação fica na rua, e ele insistir para entrar, deixe ele entrar um pouco. Ou então, coloque cobertas e panos em sua casinha para protegê-lo muito bem. Essas dicas servem para todos, mas principalmente em regiões do estado do Sul, onde no inverno são comuns noites com 5 graus e dias em que a temperatura não ultrapassa os 15 graus. Por isso, é importante proteger seu animal do frio.

Check Also

Fungos nas dobras dos buldogues ingleses

O surgimento de fungos nas dobras dos buldogues ingleses, é a maior preocupação dos donos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *