Home / Cuidados / Cuidados no verão: cães podem desmaiar com altas temperaturas

Cuidados no verão: cães podem desmaiar com altas temperaturas

O verão mal chegou, mas já deu as caras. As altas temperaturas, dias quentes e abafados fazem qualquer um se sentir realmente indisposto. E não seria diferente com os cachorros.  Afinal, eles não conseguem falar e dizer que não estão bem. Mas eles também sofrem muito com as altas temperaturas.

A história

Até um caso recente que ocorreu esta semana chama a atenção para os cuidados que devemos ter com os pets no verão. O caso aconteceu em Joinville (SC) no dia 27 de dezembro de 2016 quando as temperaturas estavam muito altas. De acordo com a Polícia Militar de Joinville, no Norte catarinense, um cachorro foi encontrado com perda dos sentidos em uma poça de água formada na saída de um ar-condicionado.

cao
Foto: Polícia Militar/Divulgação

 Os militares para tentar reanimar o animal deram um banho de mangueira e ainda o alimentaram. Isso porque o cachorro estava desmaiado na rua. No dia a temperatura chegou a 39,2°, mas a sensação térmica era de 48°C. Ou seja, estava muito quente mesmo! No final deu tudo certo mesmo.

Claro que neste caso, não sabemos ao certo se era um cachorro de família, pode ser que era de rua e estava um tempo sem comer. Ou seja, fraqueza mais calor resultam em mal estar.

Cuidados no verão

Os cães não conseguem se expressar e dizer que está quente. Claro que há alguns sinais que você pode notar que ele não está passando bem. Se perceber que está indisposto e nem comendo, ele pode estar se sentido mal. Algumas dicas para o seu pet não sofrer com as altas temperaturas e para não desmaiar:

  • Muita água a disposição para os pets: não deixe de trocar e colocar água fresca para o seu pet. A água é fundamental para a sua hidratação;
  • Alimentação em dia: continue alimentando o pet nos horários que não são tão quentes assim. Quando está muito quente o pet não tem vontade de comer e pode passar um tempo sem comer e depois acabar ficando fraco;dog-1310545_960_720
  • Passeios horários diferenciados: nada de passear com seu pet ao meio dia quando as temperaturas estão escaldantes. Lembre-se, os pés dos cachorros também são sensíveis e podem acabar queimando quando ele passeia nas calçadas e ruas. De preferência logo pela manhã ou à noite!
  • Banho e tosa: no verão o banho e a tosa aumentam com maior frequência. Não deixe de levar seu animal de estimação para a pet shop. As tosas são ótimas, pois ajudam muito a amenizar o calor das altas temperaturas;

Outro cuidado é com as alergias e queimaduras. Para cachorroros maiores e com pelagem maior você pode dar em casa mesmo banho com mais frequência para eles se refrescarem! Boa sorte neste verão de 2017!

Rereferência: G1- Santa Catarina

Check Also

Cães agressivos – atender ou não? Descubra aqui

Trabalhar com cães agressivos é um assunto que pode despertar um pouco de angústia em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *