Home / Higiene / Glândula anal em cães, espremer ou não?

Glândula anal em cães, espremer ou não?

Você já ouviu falar de glândula anal? Talvez você nunca tenha ouvido falar, mas é bom saber do que se trata. Normalmente as pessoas que conhecem acabam sabendo mais sobre a glândula anal quando ela chega a apresentar algum problema no cachorro.

As glândulas anais são pequenos depósitos localizados de cada lado do reto. Elas têm a função de lubrificar as fezes e dar um cheiro característico nas mesmas para marcação de território. Se essa glândula não se esvaziar e inchar ,  ai elas começam a dar problemas. Alguns dos sintomas de que a glândula possa estar cheia são os seguintes:

  • Arrasta o bumbum no chão;
  • Morde a base da cauda;
  • Tem dificuldade para defecar;
  • Lambe a região anal com frequência;
  • Chora e se sente incomodado e desconfiado.

Posso espremer a glândula?

Em primeiro lugar se você notar alguns destes sintomas, o que deve fazer é levar o seu cachorro para o médico veterinário. Ele terá toda a capacidade para certificar se a região está inflamada ou infeccionada.

O veterinário realiza esse procedimento e dependendo da situação, ele pede para que o tutor volte novamente para repetir o procedimento. Mas se isso lhe tornar comum, ocorre na grande maioria das vezes de o veterinário mostrar para o proprietário em como se realiza esse procedimento e o tutor mesmo pode fazer em casa, se este se sentir a vontade.

Assim que as glândulas são esvaziadas, logo os sinais de irritação desaparecem, só se acabar ocorrendo outro tipo de infecção. A remoção das glândulas anais pode ocorrer e neste caso é feito uma anestesia cirúrgica. Primeiramente, elas são esvaziadas e depois realizados todos os procedimentos médicos.

Há muitos tutores que levam com frequência os seus pets para realizar este procedimento. Só lembrando que as glândulas podem vir a se tornar tumores, tanto em fêmeas quanto em machos.

Então, muitos médicos veterinários acabam recomendando que o tutor não esprema a glândula em casa. Já que muitos nestes caso acabam aconselhando a cirurgia para a remoção das glândulas, em casos mais graves.

Já para aqueles cães que precisam do procedimento frequentemente, ela pode ser feita em casa e no banho. Assim a glândula é esvaziada e não incomoda o cão.

Agora se o seu cachorro não apresenta problema com a glândula anal você não precisa nem mexer. Ok?

Referência: http://lupusalimentos.com.br/ e Portal do Dog

Check Also

melhores produtos para hidratar os pelos de cães

Melhores produtos para hidratar os pelos de cães

Usar os melhores produtos para hidratar os pelos de cães é a garantia de um …

4 comentários

  1. maria sílvia zuhlke gonzalez

    Tenho uma Pinscher sem cauda nenhuma, foi cortada irresponsavelmente por um infeliz criador. Ela sofre com essa glândula anal, visto que quando não está bem, com medo, ela acumula o tal líquido , daí ela não come direito e algumas vezes fica bem irritada. Gostaria de saber como limpar a glândula, mas sem o rabo…Vcs teriam alguma dica?

    • Eu tive problema c a minha vira lata , até descobrir que era a glândula anal gastei quase 800 reais entre exames e consultas e ultrassom. Leve ao Veterinário que ele limpará a glândula, se for o caso.

  2. Fiz a castração do meu cão, depois da cirurgia quando fui tirar os pontos depois de 10 dias, vir que a glandula anal estava inflamada, o veterinario receitou antibioticos e antiflamatorios.. depois de 3 meses de novo ficou inflamanda.. por que desse recorrencia?

  3. María Elena Iannarelli

    Minha cachorra,uma viralata de 13 anos,que eu peguei da rua e não tinha rabo( muito pequeno) saiu a glandula anal para fora.Quero saber: tem mais de uma glandula anal? se faço cirurgia que problema posso ter? Falaram que podia ficar com esfinter floxo e nao reter a matéria fecal. Por favor desejo uma terceira opinião.Os 2 veterinarios que consultei tem opiniões contrárias. Por isso necessito outra opinião.Muito obrigada María Elena

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *